O que evitar em uma Redação

A redação é o calcanhar de Aquiles de muitos bons candidatos do vestibular, Enem e até de concursos públicos. Geralmente, os textos de dicas ensinam o que fazer para se dar bem nessa parte traiçoeira das provas, mas vamos falar sobre o contrário, o que evitar.

Para acertar em cheio e tirar uma boa nota é importante evitar os erros e problemas que acarretam nos pontos retirados. Pense que você tem 10 quando o corretor começa a ler e conforme ele percebe os problemas vai retirando pontos. Evite os erros e evite a perda de nota.

O que não fazer em uma Redação?

Palavras Abstratas no Plural

Nem sempre se mostra necessário usar palavras abstratas no plural. Um exemplo: “Os crimes preocupam a sociedade moderna.”. A palavra “crimes” poderia (e ficaria muito melhor) ser usada no singular como “crime”.

Pluralização e uso desnecessário de “meu / minha / seu / sua”

Usar muito plural ao longo do texto torna o conteúdo pouco valorizado, pois por mais que os seus argumentos tenham fundamento se estiverem escritos de uma forma monótona e vazia perderão o sentido. Evite usar o plural se não existe uma razão específica para isso senão pode ser que a ideia se perca. Exemplo: “Os pais dedicaram todas as suas vidas a família”. Afinal quantas vidas cada pessoa dessas tem?

Artigo indefinido (um / uma)

Fique atento ao uso dos artigos indefinidos “um” e “uma”. Utilize apenas se for indispensável. O texto pode perder um pouco da clareza e você pode se acomodar com os artigos e não evoluir bem o assunto. Exemplo: “É necessário uma conscientização geral, para que haja um efetivo progresso e uma diminuição da pobreza do país”. Os artigos indefinidos nessa frase são desnecessários e tornar a leitura arrastada e monótona.

Uso Desnecessário de Adjetivos

Os adjetivos podem ser bem traiçoeiros, pois se houver um exagero desses termos a mensagem pode ficar confusa. Exemplo: “As flores da primavera lindas, perfumadas, misteriosas que cercam o homem uma criatura imperfeita, complexa e minúscula ajudam a tornar a vida curta, incoerente, incompreensível melhor.”

A frase sem os adjetivos exagerados é “As flores da primavera que cercam o homem ajudam a tornar a vida melhor”. A primeira frase estava muito confusa e dificilmente se compreendia o seu sentido.

Repetição Desnecessária

Quem se repete é porque não tem mais nada a dizer, isso é o que o corretor da sua redação irá pensar. A repetição acaba empobrecendo a escrita e tornando a ideia do texto perdida num mar de palavras iguais. Exemplo: “O maior problema da sociedade é a violência nas grandes cidades, o nível da violência atingiu níveis que são insuportáveis em cidades que são grandes”. Não precisa repetir tantas vezes as mesmas palavras.

Veja o vídeo abaixo com dicas para redação: